Os Autores dos artigos aqui publicados estão devidamente identificados pelo editor.
30 de Março de 2007


Conferência - Debate "A Região Centro"


 



Local: Guarda - Sala das Sessões da Assembleia Municipal


Data: 31 de Março


Hora: 14,30H


Organização: Federações Distritais do Partido Socialista de Aveiro, Castelo Branco, Coimbra, Guarda, Leiria e Viseu


 


Programa


14,30h - Sessão de Abertura


Professor Gomes Canotilho


15,00h - Painel "Turismo e Economia"


Moderador - Dr. Manuel Salgado - Escola Superior de Turismo e Telecomunicações de Seia - Instituto Politécnico da Guarda


Intervenientes:


- Eng. José Luís Cacho - Presidente do Conselho de Administração do Porto de Aveiro


- Eng. Armindo Jacinto - Presidente do Conselho de Administração da NATURTEJO - Castelo Branco


 


16,30h - Painel "Recursos Regionais e Desenvolvimento"


Moderador - a indicar pelo PS Viseu


Intervenientes:


- Eng. José Ribeiro Vieira - Administrador da MOVICORTES - Leiria


- Eng. João Vasco Ribeiro - Ex. Presidente da CCRC - Coimbra


 


18,00h - Comentários Finais


Alfredo Marques - Presidente da CCDRC


António Ferreira - Advogado e colunista do Jornal "O Interior" (Guarda)


Luís Correia - Economista (Castelo Branco)


Paulo Marques - Jornalista do "Diário das Beiras"


João Paulo Silva - Jornalista do "Diário de Leiria"


Óscar Gaspar - Sócio do Jornal "O Ponto" (Aveiro)


 


18,30h - Sessão de Encerramento


Prof. Nunes Correia - Ministro do Ambiente, Ordenamento do Território e Desenvolvimento Regional


 


 

publicado por PS Seia às 18:38
29 de Março de 2007


Caro Camarada,


 


Inserido no Programa de Actividades proposta à Comissão Politica e dando cumprimento aos Estatutos do Partido Socialista, convocamos todos os Militantes para uma Assembleia de Militantes, que terá lugar no próximo dia 30 de Março (sexta-feira), pelas 21 horas, na Sede do Partido, em Seia, com a seguinte ordem de trabalhos:


 


1.     Informações


2.     Análise da Situação Política


3.     Outros Assuntos.


 


Compareça e discuta os problemas e propostas de desenvolvimento do nosso Concelho.


 

publicado por PS Seia às 10:08
28 de Março de 2007


Requalificação dos SAP


 


Necessidade


Requalificar o Serviço de Atendimento Permanente nos Centros de Saúde no horário entre as 00h-08h. Nenhum serviço será requalificado, sem que estejam criadas verdadeiras alternativas que permitam aumentar a qualidade e a acessibilidade aos serviços de saúde.


 


Não se trata de uma medida economicista, trata-se sim, de assegurar que não persistam as falsas seguranças de saúde para as populações.


 


Sempre que um Clínico Geral gaste 8 horas em serviço nocturno, poderá, se entender dispor de dispensa na manhã seguinte, implicando que duas dezenas de doentes fiquem sem consulta, isto é média.


 


Alternativas


Valerá a pena enquadrar esta questão no contexto mais vasto da reorganização dos Cuidados de Saúde Primários,


O Ministério da Saúde pretende até ao final do ano criar de 100 Unidades de Saúde Familiar, no 2º semestre deste ano estará disponível aos cidadãos o call-center da saúde, requalificação (com melhorias na segurança para os doentes) dos serviços de urgência hospitalares e dos centros de saúde (Unidades Básicas de Urgência), reorganização dos sistemas de transporte de doentes.


O INEM completará no 1º semestre deste ano a cobertura dos seus serviços alargando aos distritos de Évora, Beja e Portalegre e parte de Viseu Norte (Douro Sul), A criação de Unidades Móveis de Saúde, parcerias entre o MS e as Autarquias ou outras instituições poderá ser uma solução no sentido de aproximar os cuidados de saúde às populações mais dispersas.


 


Unidades de Saúde Familiar


São equipas multiprofissionais auto-organizadas, constituídas por equipas de 3 a 8 médicos especialistas em medicina familiar e geral, enfermeiros e administrativos, prestando cuidados de saúde mais próximos dos cidadãos, criando serviços de saúde mais pequenos, acessíveis, produtivos e personalizados para os utentes.


 


A tudo isto acrescenta-se ainda o forte investimento a fazer na aquisição de novas viatura, bem como meios aéreos (helicópteros).


 

publicado por PS Seia às 11:22
27 de Março de 2007

‘muito boa' a evolução orçamental


 


O Comissário Europeu da Economia e Assuntos Monetários classificou de «muito boa» a evolução orçamental portuguesa em 2006, sublinhando que existem agora mais possibilidades para que se corrija a situação de «défice excessivo» em 2008.



O Comissário Joaquin Alminia mostrou-se ainda confiante de que a evolução da economia europeia deverá continuar a apoiar a portuguesa, principalmente através do aumento da compra de produtos nacionais.



Segundo o titular da pasta das Finanças, a melhoria da situação orçamental foi conseguido também através do comportamento das receitas fiscais, da melhoria da eficiência da administração, combate à fraude e evasão e o impacto de algumas taxas decididas em 2005.



Portugal é um dos membros da União Europeia cujo défice está acima dos três por cento do Produto Interno Bruto, por isso acima daquilo que permite o Pacto de Estabilidade, uma fasquia abaixo da qual Portugal deverá estar em 2008, segundo o Governo.



O défice ficou nos 3,9% do PIB em 2006, abaixo dos 4,6% previstos anteriormente pelo Governo, anunciou o Instituto Nacional de Estatística na semana passada.

publicado por PS Seia às 15:20
23 de Março de 2007

Estratégia Nacional para a Energia


 


O Governo aprovou, em Conselho de Ministros, a versão final da Estratégia Nacional para a Energia, decreto que define os critérios de remuneração da electricidade proveniente da generalidade das energias renováveis.


 


Em conferência de imprensa, o secretário de Estado do Comércio, Fernando Serrasqueiro, referiu que o diploma incide sobre as centrais hídricas, o biogás, a micro-geração, a energia solar fotovoltaica, a biomassa e a energia das ondas.



O decreto fixa critérios de remuneração e, desta forma, torna-se mais previsível, através dos concursos, a possibilidade de qualquer promotor saber as regras com que conta, designadamente em termos de preço».



Este documento viabiliza também a possibilidade de instalação de sobre-equipamentos nas centrais eólicas com licença ou em licenciamento, evitando-se que haja impactos ambientais na criação de novas centrais.


 

publicado por PS Seia às 09:04
16 de Março de 2007

novasfronteiras 2.jpg


 



17 de Março de 2007, sábado, às 15.30h,


no Centro de Congressos de Lisboa


(antiga FIL, à Junqueira).


 



PROGRAMA

15:30h - Sessão de Abertura

    - José Sócrates

16:30h - Painéis Temáticos

    Alterações Climáticas e Política Energética

    - António Sá da Costa, Presidente da Direcção da APREN
    - Aníbal Fernandes, Administrador Executivo da ENEOP - Eólicas de Portugal
    - Sérgio Figueiredo, Jornalista

    Reforma do Ensino Superior

    - Jorge Araújo, Reitor da Univ. de Évora
    - António Cunha, Director da Escola de Engenharia da Univ. do Minho
    - Luís Reto, Presidente do Conselho Directivo do ISCTE

    Economia e Finanças Públicas

    - Teodora Cardoso, Economista
    - Artur Duarte, Presidente do Grupo Investvar
    - João Ferreira do Amaral, Professor Universitário

18:30h - Encerramento
    - António Vitorino
    - Joaquim Gomes Canotilho


 

publicado por PS Seia às 15:22

O Governo cumpre:


 


empregos_2b.bmp


A estratégia definida pelo Governo, começa a dar os seus frutos. Portugal está a crescer ao nível do emprego, se comparado com anos anteriores.


 


Pegando nos dados do INE, referentes aos valores da população empregada no 1º trimestre de 2005 (quando a coligação do PSD/CDS saí do governo) e no 4º trimestre de 2006 (último valor conhecido), que comprovam que já foram criados 48.400 empregos líquidos desde que o PS está no Governo.


 

publicado por PS Seia às 15:13
15 de Março de 2007


Um novo ciclo de desenvolvimento


para o Concelho de Seia


 


A Assembleia Municipal reuniu num momento em que se assinalam os dois primeiros anos de Governo do PS, liderado pelo Eng. José Sócrates. A bancada do PS, como sempre faz, preocupou-se fundamentalmente em falar de problemas concretos das pessoas, do País e do Concelho e sublinhou os aspectos positivos que marcam estes dois anos de Governo, principalmente no que diz respeito ao Concelho de Seia, sem deixar de assinalar também os objectivos que faltam ainda cumprir.


 


Dois anos decorridos desde que o PS iniciou a governação, em circunstâncias de grande e grave crise económica, social e de confiança; o País mudou e mudou para melhor.


 


A economia começou a crescer, as finanças públicas caminham para o equilíbrio e o Governo, no meio de algumas dificuldades e incompreensões, continua firme no trabalho de modernizar o País e de nos aproximar dos nossos parceiros europeus. Está em curso um programa de reformas, duro e difícil, mas sem o qual o nosso futuro estaria comprometido.


 


De forma ainda lenta mas segura, são já bem visíveis os sinais de recuperação.


No que se refere ao Concelho de Seia, o Governo do PS pôs termo, definitivamente, ao período de esquecimento a que o PSD nos tinha votado. Estão a ser resolvidos os principais problemas.


 


O Hospital está a ser construído em ritmo acelerado, a Variante de Seia está em fase de adjudicação e o Ministério das Obras Públicas está a trabalhar a toda a força, para ainda este ano, poder apresentar uma solução com vista à construção das novas acessibilidades à Serra da Estrela e que vão beneficiar Seia.


 


A Câmara Municipal iniciou um novo ciclo de politicas sociais, nas áreas do ensino, da terceira idade, da habitação para famílias carenciadas e ainda no sector da reabilitação urbana com destaque para a isenção de taxas e licenças, que marcam o inicio de um novo ciclo politico.


 


Sem deixarmos de reconhecer as dificuldades, a verdade é que estes dois anos de Governo do PS, aliados à determinação da Câmara e do Grupo Parlamentar do PS na Assembleia Municipal, estão a permitir resolver problemas que há muito se encontravam adiados e iniciar um novo ciclo de desenvolvimento.


 


Artigo Publicado no Jornal Porta da Estrela


10.03.2007


 

publicado por PS Seia às 12:54
14 de Março de 2007

Economia cresce à custa de mais empregos


grafico_3.jpg



O crescimento da economia em 2006 foi conseguido à custa de mais emprego, ao invés de maiores aumentos na produtividade, de acordo com os dados das contas nacionais, divulgados na semana passada pelo Instituto Nacional de Estatística.



Números redondos, a produtividade da economia portuguesa - medida pela divisão da riqueza gerada pelo número de trabalhadores - cresceu 0,5% em 2006, mantendo o ritmo do ano anterior, depois de ter crescido 1,2% em 2004.


 


Mas há uma diferença substancial entre os anos de 2005 e 2006. É que há dois anos o emprego manteve-se inalterado face a 2004 e a produtividade acabou por aumentar 0,5%.



No ano passado o país empregou mais 37 mil pessoas (emprego cresceu 0,7%), a produção de riqueza (PIB) aumentou 1,3% e a produtividade 0,5%. Ou seja, o mesmo acréscimo de produtividade que em 2005. Isto significa que a criação de riqueza nacional está, tendencialmente, a aumentar à custa da mão-de-obra em vez da modernização do tecido produtivo.


 

publicado por PS Seia às 10:12
08 de Março de 2007

Homenagem a Marciano Galguinho


Marciano_Galguinho.jpg


A Comissão Política Concelhia do PS de Seia, aprovou na sua última reunião mensal, fazer uma homenagem, a título póstumo, a Marciano José Nunes Galguinho.


 


Marciano Galguinho, que faleceu no dia 21 de Novembro de 2005, com 60 anos de idade, era natural de Elvas, foi gerente bancário em Seia desde 1974 até 1993 e daí para cá foi Vice-Presidente da Câmara até às eleições de 2005. Foi durante alguns anos deputado Municipal, estatuto que assumia na data do seu falecimento.


 


Homem dedicado à causa do Poder Local, deixou uma marca significativa no exercício autárquico, sobretudo em questões financeiras, impondo um cunho de rigor, isenção e frontalidade. Por tudo isto, e pelo muito que se pode dizer e escrever da sua acção em prol do desenvolvimento de Seia, propõe-se a referida homenagem.


 


Neste sentido, foi feita à Câmara Municipal, a sugestão de ser atribuído o seu nome a uma Rua ou Avenida em Seia.


 

publicado por PS Seia às 09:21
Março 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
17
18
19
20
21
22
24
25
26
31
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
Posts mais comentados
13 comentários
11 comentários
10 comentários
7 comentários
7 comentários
6 comentários
5 comentários
5 comentários
4 comentários
4 comentários
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
comentários recentes
Caros Amigos,Aproveito a oportunidade para desejar...
NÃO ADMIRA QUE O PSD ESTEJA NESTE ESTADO. VEJAM QU...
ESTES COMENTÁRIOS JÁ EESTÃO FORA DE MODA. O PRESI...
O PARTIDO SOCIALISTA tem todas as condições para ...
O PARTIDO SOCIALISTA tem todas as condições para ...
O PARTIDO SOCIALISTA tem todas as condições para ...
O PARTIDO SOCIALISTA tem todas as condições para ...
O PARTIDO SOCIALISTA tem todas as condições para ...
Hoje no frente a frente da SIC Notícias tive opor...
Pior era não fazermos nada! E o PS ficará sempre ...
blogs SAPO