Os Autores dos artigos aqui publicados estão devidamente identificados pelo editor.
28 de Novembro de 2008

PS e Governo repudiam declarações


antidemocráticas de Ferreira leite


 


o PS e o Governo condenaram veementemente as declarações antidemocráticas" da líder do PSD, Manuela Ferreira leite, que afirmou se não seria bom haver seis meses sem democracia para pôr tudo na ordem no país, no final de um almoço promovido pela câmara de comércio luso-americana.


 


Em reacção a estas declarações, o presidente do Grupo Parlamentar do PS, Alberto Martins, manifestou o "repúdio veemente" dos socialistas, considerando que as palavras de Manuela Ferreira Leite "são antidemocráticas, reveladoras de uma cultura autoritária e de ausência de cultura cívica". Numa declaração no Parlamento, Alberto Martins defendeu que "a democracia não pode ter intervalos de seis meses. O contrário da democracia é a ditadura e só quem não sabe o que foi a ditadura pode admitir intervalos lúcidos para a democracia".


 


O líder da bancada socialista lembrou que estas declarações "inaceitáveis" da líder do PSD surgem na sequência episódios anteriores "que têm já um traço muito significativo", como "o silêncio" sobre a suspensão do deputado na Madeira, as anteriores afirmações "xenófobas" sobre os imigrantes ucranianos e cabo-verdianos, a "insensibilidade social" com o aumento do salário mínimo e o "silêncio cúmplice" com o Banco Português de Negócios.


 


Questionado sobre se as declarações poderiam conter ironia, Alberto Martins considerou que há assuntos em que esse exercício não é possível. "Não há ironia quando se apela a uma ideia de interrupção da democracia. A democracia custou muito a construir aos portugueses, é uma ética e uma técnica, uma forma de Governo e um conjunto de valores e um dos valores essenciais é o da liberdade". Já o ministro dos Assuntos Parlamentares, Augusto Santos Silva, afirmou que o "mínimo que se pode dizer é que existem fundadas dúvidas sobre o que a dra. Ferreira Leite pensa e sente acerca da democracia".

publicado por PS Seia às 15:51
21 de Novembro de 2008

Escolha do nosso candidato


A Presidente da Câmara


 


A Comissão Politica do Partido Socialista / Seia, decidiu, que o próximo candidato do PS à Presidência da Câmara Municipal será escolhido por todos os militantes, através de voto secreto, em eleição a realizar durante o mês de Janeiro de 2009.


 


Trata-se de uma decisão histórica, porventura única no nosso País, e que tem dois objectivos fundamentais:


Primeiro, reforçar o papel dos militantes, dando-lhes a possibilidade de participar em importantes decisões, que têm a ver com o futuro da nossa Terra. Em segundo, o candidato que vier a ser escolhido, reforça, enormemente, a sua legitimidade e fica, desde logo, em boas condições para vencer o próximo objectivo - ganhar as eleições para a Câmara Municipal.


 


Com esta decisão, o PS/Seia mostra força, vitalidade e capacidade de organização, dando um sinal de grande confiança para toda a Comunidade.


 


E só um Partido forte e confiante pode continuar a resolver os problemas do Concelho de Seia.

publicado por PS Seia às 12:30
18 de Novembro de 2008

IMI continua a baixar em Seia


 


Por iniciativa da Câmara Municipal de Seia, foi revista a taxa sobre a aplicação do Imposto Municipal sobre Imóveis (IMI), que incide sobre o valor tributável dos prédios rústicos e urbanos.


 


Pelo terceiro ano consecutivo, a taxa continua a baixar. Este esforço do executivo Socialista é de sublinhar, pois à medida que baixam os impostos, a Câmara aumenta os seus investimentos nas politicas sociais, nomeadamente habitação, acção social escolar, transportes, etc..


 

publicado por PS Seia às 22:22
10 de Novembro de 2008

Sondagem: PS a subir


 


O Partido Socialista está a subir nas intenções de voto dos portugueses, segundo confirmam diversos estudos. Segundo uma sondagem Correio da Manhã/Aximage, realizada entre 3 e 5 do corrente, o PS reúne, actualmente, a confiança de 38,6% dos entrevistados, destacando-se cada vez mais do PSD com uma diferença de 12,2 pontos percentuais.


 


Em plena crise financeira e económica e com o País à beira de uma recessão técnica, José Sócrates consegue mesmo assim ter o voto de confiança dos eleitores. Questionados sobre em quem têm mais confiança para o cargo de primeiro-ministro, 46,8 por cento dos entrevistados aposta em José Sócrates. Já Manuela Ferreira Leite conta com a confiança de apenas 26,3 por cento dos portugueses.

publicado por PS Seia às 17:35
07 de Novembro de 2008

PS reúne em Carragosela


 


A Comissão Política do PS / Seia reúne, hoje, com todos os Presidentes de Junta e membros da Assembleia Municipal eleitos pelo PS, com o objectivo de fazer uma análise da situação politica local e começar a preparar as eleições autárquicas do próximo ano.


 


Esta reunião decorre nas instalações da Junta de Freguesia de Carragosela e marca também o início de um conjunto de reuniões que a Comissão Política vai realizar por todo o Concelho.


 

publicado por PS Seia às 17:14
06 de Novembro de 2008

Orçamento de Estado 2009:


Apoiar as empresas, favorecer o emprego


 


José Sócrates destacou, na Assembleia da República, a redução da taxa normal do IVA para 20%, que terá pela primeira vez efeitos para todo o ano económico, e a criação de uma taxa de 12,5% no IRC para a matéria colectável até 12.500 euros, que reduzirá para metade a carga fiscal das pequenas e médias empresas e favorecerá também as restantes. O primeiro-ministro destacou ainda a redução, já em 2009, do pagamento por conta para as PME e os incentivos em sede de taxa social única para as empresas que contratem sem termo e convertam contratos a prazo em contratos a termo.


 


O terceiro conjunto de medidas diz respeito à injecção de recursos financeiros no tecido económico através da aprovação de linhas de crédito, com juro bonificado e garantia pública, para o investimento das PME's, e o programa de regularização extraordinária das dívidas do Estado, estimado em 1.250 milhões de euros. Para Sócrates estas "medidas trazem liquidez à economia e beneficiam, directa e indirectamente, as pequenas e médias empresas."


 


O primeiro-ministro destacou ainda medidas de apoio à estabilidade e ao reforço do sistema financeiro para garantir a segurança das poupanças dos portugueses e o crédito bancário por parte das empresas e das famílias.

publicado por PS Seia às 15:22
05 de Novembro de 2008


Obama


Vence e convence


 


A vitória clara e convincente de Barack Obama, nas eleições americanas, veio criar as condições para que surja um clima de esperança e confiança, não apenas na América, mas em todo o mundo.


 


O mundo precisa urgentemente de uma liderança forte e credível nos EUA, que seja capaz de impulsionar todos os países, no sentido de encontrar novos caminhos para a paz, para o equilíbrio ambiental e para um maior equilíbrio e justiça na distribuição da riqueza.


 

publicado por PS Seia às 17:55
Novembro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
19
20
22
23
24
25
26
27
29
30
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
Posts mais comentados
13 comentários
11 comentários
10 comentários
7 comentários
7 comentários
6 comentários
5 comentários
5 comentários
4 comentários
4 comentários
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
comentários recentes
Caros Amigos,Aproveito a oportunidade para desejar...
NÃO ADMIRA QUE O PSD ESTEJA NESTE ESTADO. VEJAM QU...
ESTES COMENTÁRIOS JÁ EESTÃO FORA DE MODA. O PRESI...
O PARTIDO SOCIALISTA tem todas as condições para ...
O PARTIDO SOCIALISTA tem todas as condições para ...
O PARTIDO SOCIALISTA tem todas as condições para ...
O PARTIDO SOCIALISTA tem todas as condições para ...
O PARTIDO SOCIALISTA tem todas as condições para ...
Hoje no frente a frente da SIC Notícias tive opor...
Pior era não fazermos nada! E o PS ficará sempre ...
blogs SAPO