Os Autores dos artigos aqui publicados estão devidamente identificados pelo editor.
29 de Março de 2008

Descida do IVA é mais justa


O IVA beneficiará todos, mesmo os cidadãos que não pagam IRS, argumentou o primeiro-ministro, que ainda invocou factores de ordem "prudência" e de "segurança" para justificar a sua recusa em descer já o IVA em dois pontos percentuais. Tomara eu poder já descer em dois por cento [a taxa máxima do] IVA, declarou José Sócrates.


"Este défice é reportado pelo Instituto Nacional de Estatística (INE) e resultado de uma mesa técnica em que estão representados o próprio INE, o Banco de Portugal e a Direcção Geral do Orçamento. Não é o Governo que reporta directamente ao eurostat", frisou.


Segundo Sócrates, com este método de apuramento do défice e da dívida pública, o resultado é que "desde 2005 que o eurostat não põe em causa as contas públicas nacionais, que são transparentes, sérias e consequência de um esforço técnico de credibilidade que não há memória no passado".


"Se os partidos da direita acham que por artes mágicas conseguem fazer esquecer o passado, estão muito enganados, porque estão aqui [no Parlamento] os seus responsáveis. As pessoas lembram-se bem das suas caras", disse, antes de desafiar PSD e CDS a "reconhecerem que fracassaram na consolidação orçamental".

publicado por PS Seia às 13:20
28 de Março de 2008

Portugal assina acordos com o MIT


 


O primeiro-ministro, José Sócrates, preside à assinatura de acordos entre o Governo e o MIT para a promoção de programas de investigação avançada e para uma colaboração em tópicos críticos na área da energia. Os acordos serão assinados pelo ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Mariano Gago, no âmbito da conferência MIT Europa.


 


Com este acordo, Portugal torna-se o primeiro país-membro da iniciativa de energia do MIT, designada MIT-EI, que suportará mais de 200 alunos de doutoramento durante cinco anos, dando um contributo significativo para a formação da próxima geração de cientistas que ajudarão a conceber os sistemas energéticos do futuro.

publicado por PS Seia às 19:56
26 de Março de 2008


Economia em relançamento



 


Instituto Nacional de Estatística (INE) anuncia o nível do défice público português em 2007, que se espera tenha ficado abaixo dos três por cento da riqueza produzida. Em 2006, Portugal teve um défice de 3,9%, abaixo dos 6,1% verificados em 2005, resultado dos Governo do PSD.


 


Já em Janeiro, o ministro das Finanças deu a entender que o défice orçamental em contabilidade nacional (óptica dos compromissos) ficaria a abaixo dos 3% do Produto Interno Bruto (PIB), mas remeteu para a comissão conjunta do Banco de Portugal, INE e Ministério das Finanças o apuramento do valor que será reportado à Comissão Europeia.


 


O Primeiro-ministro, José Sócrates, afirmava que a crise orçamental portuguesa já pertence ao passado e que os factores que a motivaram "estão resolvidos", garantindo que pela primeira vez tal foi possível sem comprometer o crescimento económico.


 


Realmente, os últimos três anos foram de uma governação muito difícil e exigente, com um grande esforço de contenção da despesa pública, mas a crise orçamental de 2002, que voltou em 2005, está ultrapassada e os factores que a motivaram estão também resolvidos com as mudanças estruturais feitas no país.

publicado por PS Seia às 14:20
22 de Março de 2008

O Partido Socialista / Seia


deseja a todos os seus militantes e simpatizantes,


votos de Santa Páscoa!

publicado por PS Seia às 11:39
21 de Março de 2008

Portugal é dos países com maior percentagem


de trabalhadores qualificados dos 25 aos 34 anos


 


No ano passado, Portugal foi um dos países europeus com maior percentagem de trabalhadores altamente qualificados no escalão etário dos 25 aos 34 anos. De acordo com um estudo comparativo realizado pela Deloitte Consultores para a Fundação da Ciência e Tecnologia (FCT), a percentagem de doutorados naquele grupo era de 38,3 por cento, valor acima da média na União Europeia - 20,6 por cento - e que coloca Portugal à frente de países como a Alemanha, Áustria, Bélgica, Dinamarca, Espanha, Finlândia, França, Holanda, Noruega, Reino Unido, Suécia e Suíça.


Segundo João Sentieiro, presidente da FCT, estes resultados são os primeiros frutos de um esforço de duas décadas pela qualificação, havendo a necessidade de não interromper este trabalho, de modo a que os resultados se propaguem de geração em geração. Nesse sentido, será aberta em breve uma nova fase de concursos com vista à prossecução de uma das metas do Governo: empregar mil doutorados até 2009. Até ao momento foram colocados cerca de 600.


O estudo revela ainda que as bolsas de estudo portuguesas são das mais elevadas. No que se refere a doutoramentos no próprio país, a FCT despende anualmente por bolseiro 15 448 euros, quando a média da UE é de 14 414. No que se refere a bolsas de doutoramento no estrangeiro, a FCT investe 34 808 euros mensais por bolseiro, face a uma média de 21 511 euros.

publicado por PS Seia às 10:51
19 de Março de 2008

As banalidades da oposição


 


Realizou-se ontem, na Assembleia da República, mais um debate sobre o tema da educação, com a presença da Ministra da Educação, Maria de Lurdes Rodrigues.


 


O País assistiu, de novo, ao debitar por parte da oposição, neste caso, do Bloco de Esquerda, de um conjunto de frases feitas e ideias superficiais.


 


O Dr. Louça, lá do alto da sua arrogância intelectual, precisa saber, que o País se governa, com objectivos concretos e bem definidos.


 


Não chega dizer mal, é preciso indicar o caminho e saber se esse caminho é seguro.


 


O Governo mostrou ontem, mais uma vez, que a sua política é credível e merece confiança.

publicado por PS Seia às 18:29
17 de Março de 2008

Comício do Porto


ACADEMICO_2.JPG


O Comício que o Partido Socialista realizou no passado Sábado, no Porto, foi um momento de grande força e vitalidade do PS. Mostrou aos nossos adversários que estamos unidos em torno do Governo, de modo a colocar Portugal onde há muito já deveria estar - um País moderno e desenvolvido.


 


O PS compreende os portugueses, as suas angústias e ambições, mas a política que o Governo está a desenvolver, começará, seguramente, a breve prazo, a dar os seus frutos. 

publicado por PS Seia às 16:10
14 de Março de 2008

Novo Mapa Judiciário


Mantém Tribunal de Seia


 


O novo Mapa Judiciário, aprovado pelo Governo esta semana na reunião do Conselho de Ministros, criou a Circunscrição (Comarca) da Serra da Estrela, com Sede em Seia.


 


Saudamos a decisão, pois ela vem de encontro às pretensões que oportunamente manifestamos ao Governo e está mais de acordo com o desenvolvimento do Concelho de Seia.

publicado por PS Seia às 12:44

Novas Acessibilidades


Mais uma decisão importante


 


O Governo através do EP - Estradas de Portugal, lançou o Concurso Público para a selecção da Empresa que vai elaborar o Estudo Prévio dos novos eixos rodoviários, IC 6, IC 7 e IC 37.


 


Apesar de considerarmos que o prazo para a execução do referido estudo, podia ser mais curto, não deixamos de saudar a rapidez da decisão, o que revela que o Governo está muito determinado na solução deste importante assunto.


 


Sem deixarmos de estar atentos ao evoluir da situação, esta decisão e a sua importância, revelam que estamos no caminho certo e que o Governo merece a nossa confiança.




Estudo_Previo_IC_2.jpg



publicado por PS Seia às 12:17
11 de Março de 2008

Balanço de 2 anos de trabalho


 


Está prestes a terminar o mandato da actual Comissão Política do PS Seia. No próximo dia 4 de Abril, realiza-se o acto eleitoral, para escolher uma nova Comissão Política.


 


O melhor balanço destes dois anos de trabalho, é o que será feito pelos militantes e simpatizantes do PS e também pela comunidade no seu todo.


 


Apesar disso, importa referir que nestes dois anos, o PS cumpriu bem as suas funções e atingiu objectivos muito importantes.


 


Foi um Partido que cresceu e onde os seus militantes, sem nenhuma espécie de excepção, tiveram voz respeitada e considerada.


 


Foi um Partido aberto a novas ideias e propostas, sempre próximo das pessoas e dos seus problemas.


 


Foi um Partido preocupado com os problemas do Concelho. Esteve sempre na linha da frente, quando se tratou de exigir do Governo soluções. Foi o caso da saúde, do emprego, da solidariedade social, das novas acessibilidades e da segurança.


 


Ao longo destes dois anos, sem perder o sentido crítico, o PS, como partido do Governo, a nível local e nacional, foi fiel aos compromissos que assumiu com os eleitores.


 


O PS é hoje em Seia, um Partido credível e responsável, que não perde tempo com tricas e vaidades pessoais. Que assume sem reservas, o seu papel de força promotora de desenvolvimento.


 


Concentrado nos problemas do presente e com os olhos postos no futuro, o PS é hoje em Seia, o Partido da inovação e da mudança.

publicado por PS Seia às 17:41
Março 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
12
13
15
16
18
20
23
24
25
27
30
31
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
Posts mais comentados
13 comentários
11 comentários
10 comentários
7 comentários
7 comentários
6 comentários
5 comentários
5 comentários
4 comentários
4 comentários
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
comentários recentes
Caros Amigos,Aproveito a oportunidade para desejar...
NÃO ADMIRA QUE O PSD ESTEJA NESTE ESTADO. VEJAM QU...
ESTES COMENTÁRIOS JÁ EESTÃO FORA DE MODA. O PRESI...
O PARTIDO SOCIALISTA tem todas as condições para ...
O PARTIDO SOCIALISTA tem todas as condições para ...
O PARTIDO SOCIALISTA tem todas as condições para ...
O PARTIDO SOCIALISTA tem todas as condições para ...
O PARTIDO SOCIALISTA tem todas as condições para ...
Hoje no frente a frente da SIC Notícias tive opor...
Pior era não fazermos nada! E o PS ficará sempre ...
blogs SAPO