Os Autores dos artigos aqui publicados estão devidamente identificados pelo editor.
27 de Junho de 2008

Força Plural


 


É quando a luta aquece que se vê a força do PS. Há já muito tempo que este slogan mobilizador não fazia tanto sentido. A luta está a aquecer. Não a luta rasteira da confrontação de egos, mas o grande combate contra as desigualdades, contra a desregulação e contra a especulação que estão a minar a economia global, com consequências fortes em todos os países, em particular naqueles que como Portugal são economias abertas e fortemente dependentes dos mecanismos de troca comercial.


 


Nestes tempos difíceis o nosso partido tem que apelar ainda com mais convicção aos seus valores fundadores e à sua identidade construída na defesa da democracia e da participação cívica. Somos uma força plural e um bastião da legalidade democrática. A diversidade e a tolerância fazem parte da nossa matriz genética e têm sido a chave da capacidade vencedora, inovadora e transformadora do PS na sociedade portuguesa.


 


Com as oposições fracturadas é normal que os adversários do PS tudo façam para recuperar aventuras de frentismo populista de que serão os únicos potenciais ganhadores. Enfraquecer o PS sempre foi o sonho do PCP e agora aparentemente também do Bloco de Esquerda, mesmo que isso signifique dotar a direita de inesperados balões de oxigénio. A nossa resposta no entanto só pode ser uma. Cada vez mais pluralidade no quadro dos valores e princípios comuns e defesa convicta e determinada da legalidade democrática, permitindo um esforço conjugado de foco nas soluções e nas respostas para os problemas das pessoas.


 


O desafio é ao mesmo tempo extremamente difícil e politicamente aliciante. Temos que definir caminhos inovadores para conciliar competitividade e coesão em contexto de crise. Uma nova agenda de inovação social que mobilize toda a sociedade para a mudança com participação, equidade e eficiência. Não nos esperam tempos fáceis, mas vale a pena repetir uma vez mais a nossa bandeira - é quando a luta aquece que se vê a força do PS - uma força plural.


 


Carlos Zorrinho

publicado por PS Seia às 17:41
É verdade. "Quanto mais a luta aquece mais força tem o P:S.".

Quando ouço o ppd/psd parece-me ouvir mais o

pcp/be que se fartam de gritar sem convicções e

ideias para Portugal.

Afinal que diferença há entre uns e outros?

Nenhuma! Todos eles querem UM PORTUGAL FORA DA

EUROPA tormamdo-o pobre e esquecido.

Esta é a verdadeira razão da direita e da

esquerda portuguesa.

Tenho a certeza que o PARTIDO SOCIALISTA e o seu

GOVERNO TORNAR-NOS-À UM DOS MELHORES PAÍSES DA

EUROPA e do MUNDO.

Suadações Socialistas

Do amigo de sempre

Assina: António Fernandes Pina.


António Fernandes Pina a 27 de Junho de 2008 às 18:25
Junho 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
17
18
19
20
22
23
24
25
29
30
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Posts mais comentados
13 comentários
11 comentários
10 comentários
7 comentários
7 comentários
6 comentários
5 comentários
5 comentários
4 comentários
4 comentários
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
comentários recentes
Caros Amigos,Aproveito a oportunidade para desejar...
NÃO ADMIRA QUE O PSD ESTEJA NESTE ESTADO. VEJAM QU...
ESTES COMENTÁRIOS JÁ EESTÃO FORA DE MODA. O PRESI...
O PARTIDO SOCIALISTA tem todas as condições para ...
O PARTIDO SOCIALISTA tem todas as condições para ...
O PARTIDO SOCIALISTA tem todas as condições para ...
O PARTIDO SOCIALISTA tem todas as condições para ...
O PARTIDO SOCIALISTA tem todas as condições para ...
Hoje no frente a frente da SIC Notícias tive opor...
Pior era não fazermos nada! E o PS ficará sempre ...
blogs SAPO