Os Autores dos artigos aqui publicados estão devidamente identificados pelo editor.
03 de Agosto de 2007

Portugal na frente da Europa


 


Assumindo desde o primeiro dia de Julho e até ao final do ano a presidência da União Europeia, com uma agressiva agenda internacional conjugada com a formulação do novo Tratado Institucional e com a preparação dum novo ciclo para a Agenda de Lisboa, Portugal tem todos os olhares virados sobre si. Neste período já recebeu ou receberá a visita dos mais ilustres dirigentes políticos, sociais e empresariais da Europa e do mundo e estará sobre apreciação fina e detalhada dos mais conceituados analistas e fazedores de opinião dos meios de comunicação globais.


 


Este facto constitui uma oportunidade única de mostrar um Portugal em mudança, que se moderniza de forma acelerada, salvaguardando a qualidade do serviço público e a sustentabilidade do Estado Social e dando passos de gigante em domínios emergentes como as energias renováveis, a biotecnologia ou as tecnologias da informação e da comunicação.


 


Vivemos num tempo em que a profusão de mensagens se torna rapidamente ruído. Temos por isso que encontrar um justo equilíbrio entre a comunicação sectorial e a imagem de conjunto que queremos consolidar e transmitir. É normal que cada um de nós, em função da sua sensibilidade e experiência, queira mostrar, promover e divulgar a sua área de actividade e aquilo que mais gosta do seu país.


 


Essa prática normal não é no entanto incompatível com o assumir duma ideia integradora que importa comunicar e explorar - num mundo cada vez mais globalizado, Portugal é pela sua natureza de localização geográfica, de cultura, de história, de relacionamento geopolítico e de distribuição pelo mundo dos seus nacionais, talvez o melhor e mais forte exemplo de um país global. Esta ideia simples tem um forte impacto na atractividade do país e pode mover montanhas na luta permanente que teremos que travar pela nossa afirmação na economia mundializada.


 


Uma afirmação com valores, com sensibilidade social, com modernidade na narrativa política, com inovação nos processos e nos produtos, com cosmopolitismo tolerante na compreensão do mundo e das suas fracturas e contradições. Uma afirmação digna e capaz de projectar Portugal como um nó relevante na rede das relações políticas e económicas dos novos tempos.

publicado por PS Seia às 17:03
Agosto 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
18
23
25
26
27
28
30
31
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Posts mais comentados
13 comentários
11 comentários
10 comentários
7 comentários
7 comentários
6 comentários
5 comentários
5 comentários
4 comentários
4 comentários
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
comentários recentes
Caros Amigos,Aproveito a oportunidade para desejar...
NÃO ADMIRA QUE O PSD ESTEJA NESTE ESTADO. VEJAM QU...
ESTES COMENTÁRIOS JÁ EESTÃO FORA DE MODA. O PRESI...
O PARTIDO SOCIALISTA tem todas as condições para ...
O PARTIDO SOCIALISTA tem todas as condições para ...
O PARTIDO SOCIALISTA tem todas as condições para ...
O PARTIDO SOCIALISTA tem todas as condições para ...
O PARTIDO SOCIALISTA tem todas as condições para ...
Hoje no frente a frente da SIC Notícias tive opor...
Pior era não fazermos nada! E o PS ficará sempre ...
blogs SAPO