Os Autores dos artigos aqui publicados estão devidamente identificados pelo editor.
12 de Janeiro de 2007

Acordo histórico eleva salário


mínimo para 403 euros mensais


 


 


O salário mínimo nacional (SMN) será fixado, no próximo ano, em 403 euros mensais, devendo aumentar para os 450 em 2009 e para 500 em 2011. Estes os montantes e prazos fixados, no passado dia 5 de Dezembro, no âmbito de um histórico acordo tripartido alcançado entre o Executivo socialista, centrais sindicais e confederações patronais.


 


Em 2007, a valorização da remuneração mínima mensal garantida (outra designação do SMN) vai ser de 4,4 por cento, um crescimento acima dos valores inicialmente avançados e que representa a maior variação real (descontando o efeito da inflação) desde 1992. No final da reunião da concertação social, o primeiro-ministro, José Sócrates, congratulou-se com o acordo, vincando ser este "mais uma prova de confiança dos parceiros na economia portuguesa".


 


Depois de destacar o trabalho prévio da equipa do ministro do Trabalho e Solidariedade Social, Vieira da Silva, que cumpre deste modo a promessa de recuperar as perdas do salário mínimo registadas nos últimos anos, Sócrates considerou estarem relançadas as bases para uma redução das desigualdades e para que os ordenados mais baixos subam o seu poder de compra.


 


Reconhecendo que as actualizações acordadas para o SMN até 2011 são "ambiciosas", apontou contudo que vários estudos internacionais indicam que a evolução do salário mínimo não tem reflexos no emprego e garantiu ainda que a competitividade da nossa economia não será afectada. Por sua vez, o líder da União geral de Trabalhadores (UGT), João Proença, vincou que, depois de um acordo "com quase todos os parceiros sociais na Segurança Social e de todos os parceiros no SMN, estão criadas as condições para o crescimento do emprego e melhores salários".


 


Assim, entre o ano corrente, em que este ordenado vale 385,90 euros, e 2011, em que valerá 500 euros, haverá uma progressão nominal na ordem dos 29,6 por cento, o que corresponde a um crescimento anualizado de 5,3 por cento.


 

publicado por PS Seia às 10:49
Janeiro 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
13
14
19
21
23
24
27
28
29
30
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Posts mais comentados
13 comentários
11 comentários
10 comentários
7 comentários
7 comentários
6 comentários
5 comentários
5 comentários
4 comentários
4 comentários
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
comentários recentes
Caros Amigos,Aproveito a oportunidade para desejar...
NÃO ADMIRA QUE O PSD ESTEJA NESTE ESTADO. VEJAM QU...
ESTES COMENTÁRIOS JÁ EESTÃO FORA DE MODA. O PRESI...
O PARTIDO SOCIALISTA tem todas as condições para ...
O PARTIDO SOCIALISTA tem todas as condições para ...
O PARTIDO SOCIALISTA tem todas as condições para ...
O PARTIDO SOCIALISTA tem todas as condições para ...
O PARTIDO SOCIALISTA tem todas as condições para ...
Hoje no frente a frente da SIC Notícias tive opor...
Pior era não fazermos nada! E o PS ficará sempre ...
blogs SAPO