Os Autores dos artigos aqui publicados estão devidamente identificados pelo editor.
13 de Agosto de 2009

Economia portuguesa está a recuperar


 


A economia portuguesa recuperou 0,3 por cento no segundo trimestre deste ano, em relação aos três meses anteriores, com o Produto Interno Bruto (PIB) a cair 3,7 por cento em termos homólogos, de acordo com dados divulgados esta manhã pelo Instituto Nacional de Estatística (INE).


 


Os dados divulgados, esta quinta-feira, pela estimativa rápida do INE indicam que no primeiro trimestre do ano a economia portuguesa inverteu a tendência de queda de três trimestres consecutivos, acompanhando assim a recuperação das duas maiores economias da Zona Euro, a Alemanha e a França.


 


Em termos homólogos, a variação no segundo trimestre de 2009 foi de menos 3,7 por cento, sendo que registou uma ligeira recuperação face ao trimestre anterior cuja variação foi de 3,9 por cento.


 


Também a economia europeia caiu 0,1 por cento no segundo trimestre do corrente ano, uma desaceleração do ritmo da recessão, com alguns Estados-membros, como Portugal, a registarem mesmo um crescimento positivo, divulgou o Eurostat. Este organismo responsável pelas estatísticas da União Europeia (UE) publicou as «estimativas rápidas» do Produto Interno Bruto (PIB) das 27 economias europeias.


 


As previsões apontam para uma redução do ritmo da queda do produto da UE de menos 2,4 por cento do PIB no primeiro trimestre de 2009 para menos 0,3 no segundo trimestre - menos 2,5 e menos 0,1 para a Zona Euro (17 Estados-membros). Em relação à Zona Euro, as 17 economias europeias dão conta que o PIB no segundo trimestre do ano cresceu, para além de Portugal, na Alemanha (0,3), Grécia (0,3), França (0,3) e Eslováquia (2,2).


 


O presidente da Associação Empresarial de Portugal considerou que a evolução da economia portuguesa nesta crise foi «melhor que a média dos parceiros europeus ao contrário do que aconteceu nas crises anteriores».


 


Comentando o crescimento do PIB português em 0,3 por cento no segundo trimestre de 2009, José António Barros entende que a resposta a esta crise está a ser boa por parte dos agentes económicos, porque estão a retomar a confiança


 

publicado por PS Seia às 12:51
Agosto 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
16
17
18
19
20
21
22
23
24
26
27
28
29
30
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Posts mais comentados
13 comentários
11 comentários
10 comentários
7 comentários
7 comentários
6 comentários
5 comentários
5 comentários
4 comentários
4 comentários
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
comentários recentes
Caros Amigos,Aproveito a oportunidade para desejar...
NÃO ADMIRA QUE O PSD ESTEJA NESTE ESTADO. VEJAM QU...
ESTES COMENTÁRIOS JÁ EESTÃO FORA DE MODA. O PRESI...
O PARTIDO SOCIALISTA tem todas as condições para ...
O PARTIDO SOCIALISTA tem todas as condições para ...
O PARTIDO SOCIALISTA tem todas as condições para ...
O PARTIDO SOCIALISTA tem todas as condições para ...
O PARTIDO SOCIALISTA tem todas as condições para ...
Hoje no frente a frente da SIC Notícias tive opor...
Pior era não fazermos nada! E o PS ficará sempre ...
blogs SAPO